quinta-feira, 16 de maio de 2013

Ai ai...Vou falar de como me sinto hoje....

Bom hoje bateu saudades do meu pai.

 Pois é, ja vai vai fazer 2 meses que ele se foi e pra mim parece ao mesmo tempo que foi uma eternidade, ao  mesmo tempo parece que foi ontem...não sei se o fato de não sentir tanto a falta dele deve ser devido estar morando longe ja algum tempo, porque se eu ainda vivesse no apartamento da minha mãe seria muito dificil...

Pensa o predio onde mora minha mãe fica bem no centro de rua e na esquina desta mesma rua esta o Bar que era do meu pai, onde passava boa parte do tempo  e tb o local onde ele foi morto, agora pensa, para ir pro predio tem q passar a frente do BAR, pra sair de la e ir a qualquer lugar passa-se na frente do BAR...meu ia ser um dor que não tem tamanho. Estes dia seu procurei no Google pra mostrar a rua em minha mae mora para uma amiga e entrei pelo google maps naquela opçao do bonequinho que mostra a rua como se vc estivesse nela, e para minha surpresa quem esta na frente do BAr? Meu pai, ai chorei tanto...olha ai...



Minha irmã mora perto também, e para ajudar ela ia sempre la no BAR falar com o pai, ia nas festinhas q ele dava lá, enfim vivia por lá, ela ainda chora muito por pensar nisso, pior? Ela teve de tratar de liberar o corpo do IML, providenciar as coisas do velorio, o transporte do corpo para Fortaleza, porque ele foi enterrado no tumulo da familia la em Fortaleza onde o restante da familia, a minha avó, amigos de infancia, enfim soube q foi uma cerimonia muito bonita e cheia de gente q ele conheceu na vida, conviveu e enfim gostavam dele, puderam lhe prestar o ultimo adeus.

Outra coisa é meu pai me deu mais um irmão e que tem atualmente tem 3 meses.
O que? É isso ai, ele tinha apenas 1 mês de vida quando meu pai morreu, o filho homem que ele tanto quiz, pq com a minha mãe ele so teve mulher, agora com a minha madrasta teve o gatão do Lecinho Filho, tão lindinho, a sorte do menino é que ganhou de madria a irmã a Lecia, eu não to longe e eu e meu pai não tinhamos la um grande relacionamento.

Meu Pai Lecio, meu irmão Lecio Filho e minha madrasta Fran


Sabe o que é pior, as vezes me vem a cabeça, "Poxa devia ter feito isso ou aquilo!", "Devia ter ligado mais!", "Devia....", pois é deveria ter feito muita coisa e não fiz, ele também não fez, mas não é desculpa para que eu não fizesse...mas enfim isso já não adianta mais, me sinto as vezes também como se não devesse me sentr triste justamente por nao ter sido assim tão atenciosa com ele, mas será? não teria mudado a dor que eu sinto quando lembro que ele foi embora antes do tempo, por como foi assassinado, sabe-se lá quanto tempo mais ele tinha ainda de vida, mas sei q ele foi cedo.

Bom a pesar nisso, vejo que mesmo que ele morresse velhinho ainda nao seria o suficiente, teria faltado alguma coisa para fazer,mais algum coisa para falar, para viver com ele, mas uma coisa eu tenho toda certeza, mesmo longe eu em todas as oportunidades sempre disse: "PAI EU TE AMO!! NÃO ESQUEÇE!!EU TE AMO!"

E isso eu sei que ele sabia....

2 comentários:

  1. Priscilla sei bem como é isso. agente sempre acha que não fez tudo que tinha que fazer,com eles em vida, sempre fica um vazio no peito, que dó d+, imagino a saudade, ao vê-lo no google, se fosse eu teria me acabado de tanto chorar.
    não pense que não foi uma boa filha, pois onde quer que ele esteja, ele sabe do seu amor por ele. ;) e com certeza está te protegendo.

    bjos fique bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Vanessa so hoje entrei aquino blogue e vi seu comentario, obrigada pelas palavras, e acredite eu chorei muito quando vi ele no google, mas são coisas q não tem como nao sentir, embora eu tenha feito de tudo, antes, sonao foi mais pq não foi, pq tb nao dependia so de mim, sei q vc passou o mesmo com sua mãe...a morte deles sempre deixam marcas q não se explica de jeito nenhum..mas nos acostumamos com esta dor e com a saudade de uma ausencia ....obrigada linda...bjs fique bem vc tb...

      Eliminar